quinta-feira, 10 de fevereiro de 2011

Primeiro post by P.I.

Nem acredito!!!
Estou tão feliz!!
Minha irmã escreveu seu primeiro post prometido!!

Não vou mais atrapalhar. Segue sua patip (acabei de inventar esta - hahahahaha!):

"Oi!

Meu nome é Patrícia, irmã da Fernanda, que me convocou a dar algumas contribuições “autoindulgentes”! Fiquei pensando e lembrei-me de minha última viagem. Em outubro, fui, finalmente, a Londres, passar uma semana! Digo “finalmente” pois quando pequena e adolescente, sempre pensei que assim que pudesse viajar para fora, o primeiro lugar a que iria seria, definitivamente, Londres. Acho que por causa dos longos anos de Cultura Inglesa, as bandas de britpop, a Familia Real (rsrs!)... bem, por alguma razão, Londres sempre me fascinou. Mas por razões diversas, a capital inglesa acabou não sendo meu primeiro destino overseas, nem o segundo, nem terceiro, nem quarto... Tanta espera valeu a pena, pois a cidade é tudo o que eu imaginava; eu adorei e espero voltar muitas e muitas vezes!

Mas enfim, não sou dada a altos gastos gastronômicos em viagens mas gosto de passar muito bem (e sem fome!!). Por isso, adorei esse lugar, sem falar no anfitrião mega-mundialmente-famoso: estou falando do Jamie’s Italian! Trata-se de uma grife de restaurantes criada pelo fofo Jamie Oliver (que infelizmente, não estava lá... ;o)), que serve pratos da cozinha italiana, “fantásticos e rústicos, usando receitas que o Jamie ama” (como está no site do restaurante) a preços razoáveis. Quem acompanha os programas de TV do Jamie sabe da verdadeira adoração que ele tem pela cozinha italiana; acho que o propósito dele é servir pratos autênticos, com bons ingredientes, e que respeitem e preservem a essência do que ele viu e sentiu por lá, sem que a conta estoure o orçamento de ninguém!

Na minha opinião, ele foi super bem sucedido na sua empreitada! Eu estava com 3 amigas, e todas gostaram muito! O cardápio é enxuto, sem firulas (o que para mim, foi uma bênção: afinal, quantas opções de massa um ser humano pode precisar para se dar por satisfeito, não é mesmo??). Duas das minhas amigas pediram spaghetti ao sugo, com almôndegas (para falar o português claro); a outra pediu o bucatini à carbonara; e eu, metida a besta, fui no “wild truffle tagliatelle” (mais ou menos o seguinte: tagliatelle preparado com manteiga, parmesão, noz moscada e trufas negras raladas- esta é minha livre adaptação do que consta no menu...). Estava realmente muito bom! Tinha uma “consistência” (não sei qual é o termo correto) no ponto certo; e mais importante, tinha sabor! (sei que é engraçado, mas vamos e convenhamos, hoje em dia, está meio difícil encontrar comida com sabor, de verdade, não acham?)

Ah! Quanto ao ambiente e serviço, lovely (para ser mais british)! O espaço, a decoração e iluminação são muito agradáveis, pois criam um clima meio rústico e intimista. O garçom foi muito atencioso, mais do que simplesmente bem educado. Nós pedimos uma série de explicações; e ele respondeu a tudo de bom grado! A fila de espera para conseguir uma mesa pode ser um problema, mas não para quem mora em São Paulo. (Infelizmente, eles não aceitam reservas, salvo para grupos de 6 a 14 pessoas.)

Como estamos chegando ao fim do post, podemos falar sobre “The Painful”! (hahaha!) Bom, posso garantir que dessa vez, não foi tão “dolorosa” assim! Relação custo x benefício excelente, para dizer a verdade! Vejamos: entradinha (seleção de pães, azeite e balsâmico- uma delícia!) + prato principal + taça de vinho + serviço deram cerca de 18 GBP (ou R$ 50)."

Post por Patrícia I.

Fotos: Patrícia Ohuti

Serviço de utilidade pública: Covent Garden- 11 Upper St Martin's Lane, London, WC2H 9FB (há vários outros endereços, inclusive em Dubai e Sydney)

7 comentários:

  1. Ótima dica, mas poderia ter sido dada há 2 anos! Agora terei que regressar a Londres para me deliciar com a culinária anglo-italiana do James Olivier!

    By Gordinho Suado

    ResponderExcluir
  2. Há 2 anos, o restaurante nem estava aberto, Gordinho Suado... na verdade, nem quando fui (em março), já havia inaugurado...

    ResponderExcluir
  3. O texto parece a Patty falando, bem ao jeito dela!

    ResponderExcluir
  4. nham, tentarei conhecer :)

    ResponderExcluir
  5. É, Fê.. não daria pra vc roubar os direitos do post, pq está bem a cara dos textos by Patricia Iqueda.
    Obrigada pelo crédito nas fotos !!!
    Adorei o restaurante... muito bom !!! E nem era caro por ser de um famoso !
    Beijos

    ResponderExcluir
  6. Nossa!!! Quero mto ir no restaurante do Oliver!!!! Inveeeeeeeeeeeeeeejaaaaaaaaa!!!! kkkk

    ResponderExcluir
  7. PS. nao eh o Fred no post anterior, sou eu mesma... a Fon...=P

    ResponderExcluir